Página Inicial | Fale Conosco  
   Bom Dia! Domingo, 22 de julho de 2018
 
Programas
Outras CEASAS
Telecentro
Ouvidoria
Galeria de fotos
Fale Conosco
Webmail

 
Notícias
Começa a primeira etapa da Nova Ceasa
17/05/2017 10:38

  
   Evento Nova Ceasa

Aconteceu nesta segunda-feira (15) solenidade de abertura da primeira etapa do plano emergencial da Nova Ceasa. A ação foi realizada nas instalações do entreposto, na zona sul da capital. Após licitação de Parceria Público-Privada (PPP), firmada por meio da Superintendência de Desenvolvimento Rural (SDR), a Nova Central de Abastecimento do Piauí passa a ser gerida pela Brazilfruit, com colaboração e apoio da União dos Permissionários da Ceapi (UPC). A governadora em exercício, Margarete Coelho, participou do evento.

A vice-governadora acredita que a novo modelo de gestão deverá potencializar a Nova Ceasa enquanto um grande entreposto entre o Piauí, Maranhão e Ceará e as cidades do interior. “Os mercados são pontos centrais nas cidades e a Ceasa deixava a desejar em termos de estrutura, de higienização, de limpeza, precisando de uma gestão mais dinâmica que o Estado não tinha condições de oferecer. Afinal de contas, a iniciativa privada tem condições que o Estado não tem”, pontuou Margarete.

Para ela, a expectativa é de ter um entreposto organizado e dinâmico. “Queremos que a Nova Ceasa ofereça as possibilidades às pessoas que trabalham aqui e àquelas que para aqui se dirigem para fazer negócios ou mesmo só por questões de turismo, porque geralmente os mercados são pontos turísticos, encontrem aqui um meio ambiente saudável, limpo, organizado, eficiente para fazer seus negócios”, explicou a governadora em exercício.

A Brasil Fruit deverá investir, já nos dois primeiros anos de contrato, R$ 46 milhões em reforma, operação e modernização do entreposto e o Estado ainda receberá da concessionária, o percentual de 3,5% do total de receita bruta mensal, como outorga, a partir do segundo ano de contrato. Ao longo da concessão de 30 anos, a empresa licitada investirá no equipamento R$ 84.357.742.

 Ações prioritárias

“A primeira etapa vai atingir justamente os pontos mais críticos que estavam apontados pelos lojistas e clientes. Ficou apontado, em pesquisa recente, que a limpeza era o problema mais crítico. Então, para isso, vai entrar uma equipe reforçada nessa área da limpeza junto com a equipe de manutenção e pequenos reparos, com organização de trânsito e criação de novos estacionamentos, várias áreas vão ser atingidas nessa primeira etapa”, explicou o presidente da Nova Ceasa, o empresário James de Andrade Pereira.

Foram gerados, na primeira etapa emergencial, empregos para 140 pessoas diretamente, com o apoio de equipe de administrativos, composta por 37 pessoas. O presidente da UPC, Robert Nunes de Souza, vê a parceria com bons olhos. “Estamos acreditando nessa parceria. Sabemos que a iniciativa privada tem mais agilidade na resolução dos problemas. A empresa, por conhecer o mercado, tem total conhecimento do funcionamento, isso nos dá um novo ânimo. Nós estamos apoiando e acreditando nessa nova etapa”, afirmou Nunes.

De acordo com o representante da União dos Permissionários, as questões relacionadas à limpeza, que influencia diretamente na segurança alimentar dos produtos oferecidos à população; a segurança do local e o horário de funcionamento são as demandas emergenciais. “São expectativas que parecem simples, mas que vão influenciar diretamente na vida dos permissionários e também da população que nós atendemos aqui nesse entreposto”, alertou Robert.

Até o início do próximo semestre, além do trabalho de limpeza e higiene e conservação do mercado, a PPP prevê outras ações como a realização de campanhas educativas voltadas para a conservação de alimentos e atendimento ao cliente e reformas básicas das instalações físicas, elétricas e hidráulicas. Deverão ser recuperados três mil metros quadrados de calçamento e pavimentados com asfalto trechos onde há fluxo intenso de caminhões. Outras intervenções como a sinalização do trânsito interno e a criação de três novas áreas de estacionamento serão implantadas. Na área da segurança, como medida de curto prazo, a concessionária garantiu a contratação imediata de segurança uniformizada e motorizada, além da reativação de convênio com a Secretaria de Estado da Segurança Pública e a Polícia Militar.

Eficiência na gestão

Para a superintendente de PPPs da Secretaria de Estado da Administração (SeadPrev), Viviane Moura, os projetos de cooperação com a iniciativa privada tendem a demonstrar para a população a importância dessas parcerias para os equipamentos públicos.

“Existem equipamentos públicos que são eminentemente negócios e que são melhor administrados pela iniciativa privada. Portanto, o que está acontecendo hoje na Nova Central de Abastecimento, a Nova Ceasa, vai deixar consolidado e vai mostrar, principalmente, para a sociedade que a gente pode sim fazer transformações com a parceria, não só com a iniciativa privada, mas com a sociedade de uma forma geral e, a partir daí, escrever uma nova história em alguns equipamentos públicos, melhorar a prestação e serviços, melhorar a infraestrutura sem que necessariamente a gente precise demover dinheiro público”, informou Moura. 

Distribuição da produção local

O novo modelo de administração da Central de Abastecimento do Piauí deverá ainda fomentar a comercialização de produtos locais, como afirma o secretário de Estado do Desenvolvimento Rural (SDR), Francisco Limma. “O resultado final de quem produz é a comercialização e o consumo. Então, além de termos uma cláusula dentro do contrato em que a concessionária terá um desconto na outorga na medida em que ela incentivar a comercialização local. O desejo do Governo do Estado é aumentar a produção nas regiões e aumentar a comercialização dessa produção por meio da Ceasa”, disse o gestor.

Parceria com o Ceará

A solenidade de abertura dos trabalhos contou com a presença da presidente da Ceasa de Fortaleza (CE), Eliane Garcia. A visita da representante tem como intenção a formatação de parceria junto à Ceasa piauiense. “Temos uma proposta de trazer a nossa experiência, inclusive na parte de gestão, para que possamos habilitar os novos gestores e firmar parcerias mais próximas”, pontuou a presidente.  




Mais Notícias...


CENTRAL DE ABASTECIMENTO DO PIAUÍ - CEAPI
Endereço: Av. Henry Wall de Carvalho, 5000 - Bairro Tabuleta
CEP 64.022-050 - Teresina - PI - Telefones: (86) 3220 1701 e 3220 7550